Votre recherche :

Article de périodique

Fiche mise à jour le 23 novembre 2018

A concepção de família de uma mulher-mãe de vítimas de incesto

En bref

Auteurs : Martha Giudice Narvaz, Sílvia Helena Koller
Périodique : Psicologia: Reflexão e Crítica
Numéros : vol. 19, nº 3, ISSN 0102-7972 (Imprimé)
Dates : Date de publication: 2006
Etendue : pp. 395-406
Liens internet : DOI

Description

Titre :

A concepção de família de uma mulher-mãe de vítimas de incesto

Titre traduit :

anglais : The concept of family from a woman-mother victim of incest

Résumé :

O objetivo deste estudo foi o de investigar os discursos patriarcais inscritos nas concepões de família que têm sido mantidos ainda na atualidade. A participante do estudo foi uma mulher-mãe, vítima de violência na infância e na vida adulta, cujas filhas foram vítimas de incesto. O delineamento utilizado foi o estudo de caso, baseado em entrevistas semidirigidas. Os dados coletados foram submetidos à análise e discurso. Evidenciou-se a correspondência dos ditames patriarcais na concepção de família da participante. Mesmo não sendo o modelo efetivamente vivido, a concepção de família revelou a idealização do modelo hegemônico em nossa sociedade de família nuclear, monogâmica, patriarcal e burguesa. Uma vez que os dados foram coletados a partir de apenas um único caso, novas investigações são recomendadas. A investigação propõe-se a problematizar a hegemonia do modelo familiar patriarcal ainda prevalente em nossa sociedade, cujos ditames estão associados à dinâmica das famílias violentas e incestuosas.

,

The aim of this study was to explore the patriarchal discourses that are still presently registered in the concepts of family. The participant was a woman-mother, victim of violence during her childhood and adult life, whose daughters were victims of incest. The case study was based on semi-structured interviews. Discursive Analysis showed that patriarchal values correspond to the participant's concept of family. Her concept of family revealed to be an idealized nuclear, monogamy, patriarchal and bourgeois model of family, even though this model has not effectively been experienced by her. Since the data was obtained from only one case, new investigations are recommended. We intend to question the hegemonic patriarchal model of family that still endures in our society, whose imperatives have been associated to the dynamics of violent and incestuous families.

Mots-clés libres (FR) :

General Psychology

Mots-clés libres (EN) :

Família, Patriarcado, Violência, Gênero, Discurso, Family, Patriarchal, Violence, Gender, Discourse

Détails

Langue : portugais
Numéro de fiche : 154
Source : CrossRef: 2018-05-04
Type de fiche : Article de périodique
Création : 04/05/2018
Dernière modification : 23/11/2018
Statut WordPress : Publié